domingo, 5 de maio de 2013

Linguagem e Interpretação - 6º ano



Leia o texto abaixo:
ANDE CICLISTA
Música: Marcha Soldado







·          

Ande ciclista,
Atento e devagar,
É pela ciclovia
Que deves pedalar.

Pedalar é um exercício
E um ótimo lazer,
Um meio econômico
De se locomover.

Ande ciclista,
Com determinação,
Sempre respeitando
A sinalização.

Com os pneus sempre cheios,
Espelho retrovisor,
Equipe a bicicleta,
Não seja infrator.


1) (1,0)Retire da paródia, sobre o tema “Trânsito”, três verbos.
_______________________________________________________________________________.
2) (1,0)  Leia a tirinha de Chico Bento, personagem da Turma da Mônica, e marque a
alternativa correta.

a) Chico Bento está plantando uma árvore frutífera.
b) Chico Bento está plantando uma árvore que se chama esperança.
c) Chico Bento está plantando uma árvore com esperança de que ela cresça e dê
muitos frutos para ele e seu amigo.
d) Chico Bento está plantando uma árvore na esperança de contribuir para a
preservação do meio ambiente, uma vez que as árvores estão sendo destruídas
pelos homens.

3) (1,0)  Observe o texto abaixo:

Acidente?

Gestação perfeita:
Braços, pernas, pés, mãos,
Inteligência...
Pessoa feita,
Plena à existência.
Velocidade, juventude,
Adolescência...
De repente:
O acidente.
E as luzes da danceteria?
E a balada?
Direção, velocidade, hospital,
Juízo final: mais nada...
Tatiane Santos, Porto Alegre, RS.


Podemos classificar as palavras destacadas no texto, gramaticalmente, como:
a) substantivo                                                                               b) verbo
c) adjetivo                                                                                     d) pronome

4) (1,0)  Leia  a fábula abaixo:
O Rato
Um rato, olhando pelo buraco na parede, vê o fazendeiro e sua esposa abrindo um pacote. Pensou logo no tipo de comida que haveria ali. Ao descobrir que era uma ratoeira ficou aterrorizado. Correu ao pátio da fazenda advertindo a todos:
- Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira na casa !!
A galinha disse:
- Desculpe-me Sr.. Rato, eu entendo que isso seja um grande problema para o senhor, mas não me prejudica em nada, não me incomoda.
O rato foi até o porco e disse:
- Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira !
- Desculpe-me Sr. Rato, disse o porco, mas não há nada que eu possa fazer, a não ser orar. Fique tranquilo que o Sr. será lembrado nas minhas orações.
O rato dirigiu-se à vaca. E ela lhe disse:
- O que ? Uma ratoeira ? Por acaso estou em perigo? Acho que não !. Então o rato voltou para casa abatido, para encarar a ratoeira.
Naquela noite ouviu-se um barulho, como o da ratoeira pegando sua vítima. A mulher do fazendeiro correu para ver o que havia pego.
No escuro, ela não viu que a ratoeira havia pego a cauda de uma cobra venenosa. E a cobra picou a mulher... O fazendeiro a levou imediatamente ao hospital. Ela voltou com febre.
Todo mundo sabe que para alimentar alguém com febre, nada melhor que
uma canja de galinha. O fazendeiro pegou seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal.
Como a doença da mulher continuava, os amigos e vizinhos vieram visitá-la.
Para alimentá-los, o fazendeiro matou o porco. A mulher não melhorou e acabou morrendo.
Muita gente veio para o funeral. O fazendeiro então sacrificou a vaca, para alimentar todo aquele povo.
Sendo esse texto uma fábula, faltou o fragmento principal ;que é a lição de moral. A lição de moral adequada a temática desenvolvida no texto é:
a) Cada um com o seu problema           
b) Caso não possa ajudar ;para que atrapalhar?
c) O que é ruim para alguém é ruim para todos.
d) Seja um homem; não seja um rato.

5)  (1,0) No fragmento “...No escuro, ela não viu que a ratoeira havia pego a cauda de uma cobra venenosa....”. A palavra destacada no fragmento refere-se a seguinte personagem do texto:
a) A vaca         b) A galinha          c) A mulher           d) A ratoeira



Paixão por automóvel
Não há dúvida de que o automóvel é um dos bens materiais mais desejados do mundo. A  dúvida fica só entre a marca e o modelo. Como em tudo na vida, cada um tem suas preferências.
É fácil entender o desejo por um automóvel pela necessidade que quase todos temos de percorrer longas distâncias no dia-a-dia. Difícil de compreender é a paixão que algumas pessoas têm por um carro ou marca específica, pessoas que têm afeição por um fabricante ou por um modelo em particular. Cada um tem seus motivos. Pode ser o desenho, a mecânica
ou a tradição. Pode ser o prestígio, a qualidade ou algum vínculo afetivo. No caso de motivos emocionais, o gosto não se discute.
Mecânica, desempenho, segurança, conforto, qualidade ou acabamento são aspectos que levam à preferência por um carro. É muito comum a paixão cega a ponto de o fã de uma marca
criar preconceitos sobre outras marcas. Há os que gostam só de picapes. Não pelo lado utilitário, mas pelo ar robusto ou mesmo
pela sensação de “domínio no trânsito” que se tem do alto da cabine. O mesmo acontece com carros antigos, que, mesmo sem grande valor histórico, têm um fascínio especial. Também há quem goste de equipar ou “envenenar” seus carros, por puro prazer. Muitas vezes, gasta-se tanto dinheiro com acessórios, modificações e restaurações que daria para comprar outro carro mais novo e com até mais atrativos.
(www.bestcars/artigos/paixão.htm. 18.04.2008)
6) (1,0)   De acordo com o texto, o automóvel:
A) é a maior paixão do seu fabricante.
B) poucas vezes desperta o desejo pela sua qualidade.
C) não é um bem desejado.
D) é um bem bastante almejado.
7) (1,0) o automóvel é um dos bens materiais mais desejados... .A palavra desejados pode ser substituída, sem alteração de sentido, por
a) observados.
b) cobiçados.
c) modificados.
d) cuidados.

8) (1,0)  No fragmento “.... Há os que gostam só de picapes...”. O verbo destacado está no tempo verbal _______________ do  indicativo.

Mente quieta, corpo saudável
A meditação ajuda a controlar a ansiedade e a aliviar a dor? Ao que tudo indica, sim. Nessas
duas áreas os cientistas encontraram as maiores evidências da ação terapêutica da meditação,
medida em dezenas de pesquisas. Nos últimos 24 anos, só a clínica de redução do estresse da
Universidade de Massachusetts monitorou 14 mil portadores de câncer, AIDS, dor crônica e
complicações gástricas. Os técnicos descobriram que, submetidos a sessões de meditação que
alteraram o foco da sua atenção, os pacientes reduziram o nível de ansiedade e diminuíram ou
abandonaram o uso de analgésicos.Revista Superinteressante, outubro de 2003
9) (1,0) O texto tem por finalidade:
A) criticar.                                                                 C) denunciar
B) conscientizar.                                                           D) informar


10) (1,0)  Retire do texto, acima, um verbo que esteja conjugado no Pretérito Perfeito do Indicativo.

________________________________________________________________.

"Podemos escolher o que semear, mas somos obrigados a colher aquilo que plantamos."(Provérbios)
Boa Avaliação!

Um comentário: